quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Gentilize-se!!!


Há um ano e meio fiz a página O Mundo Precisa de Mais Gentileza e em meados desse ano ela me foi "roubada", depois de muitas tentativas inúteis de recuperá-la resolvi criar essa com o mesmo tema, porém repaginada! 

Sejam muito bem-vindos e gentilizem-se!

Não há como deixar de ser otimista, me desculpem...

Ouvimos que não há mais esperança no ser humano.
Que as virtudes se perderam, a dignidade se foi.
Mas dia pós dia, tenho demonstrações explicitas de que isso não é verdade.
Seja através de palavras ou singelas ações.
Os conflitos internos de valores são diários e constantes...
Não negue e não se ofenda.
O bicho homem é vil por natureza, e a civilidade é um esforço contínuo.
Infelizmente a mídia dá mais espaço a desgraça alheia e enaltece o que há de pior nas pessoas: vende bem mais! Somos sádicos... :(
A pretensão de fazer uma página que exalta a gentileza, em todas suas expressões, nada mais é que um sopro de esperança.
E qual é a surpresa quase óbvia?
Temos feedback!
Temos eco!
Há corações oprimidos e angustiados que querem um lugar ao sol.
Um palco para desfilar palavras perfumadas de amor.
Consolar, cuidar, zelar, amar, amparar, agradecer, ouvir, brilhar são verbos que não conjugamos com freqüência e quando fazemos é com receio.
E quase nunca na primeira pessoa do singular...
No plural?
Menos ainda...

Esse é nosso espaço, esse é nosso momento. Nosso levante!

Não temos a obrigação de estarmos bem o tempo todo, mas devemos ser honestos:
Há muitos motivos para sorrir.
Você não vê?
Vá a uma creche, a um asilo,a um parque, ao jardim botânico de sua cidade, caminhe descalço na praia, beije seu amor, abrace seu filho, diga a alguém que o ama.

Não quero ser ‘Pollyanna’ e fechar os olhos para as atrocidades que cometemos, mas somos responsáveis por elas também, por sermos passivos, coniventes e resignados.

Uma pequena ação de gentileza por dia pode fazer a diferença sim!
E nada custa. Retorno garantindo!

A gentileza é um exercício contínuo e árduo de singelas e puras emoções.

Exercite seu coração, exerça sua cidadania, exceda nos sentimentos.